O Superior Tribunal de Justiça vai definir se donos, depois de separados, têm direito a guarda compartilhada dos animais de estimação.

Detalhes com a nossa colunista Mônica Bergamo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome