A moeda norte-americana seguiu a tendência de alta da última semana e atingiu ontem a maior cotação desde setembro do ano passado. O dólar comercial fechou o dia valendo R$ 4,14, valorização de 0,36%.

O resultado foi influenciado pelo cenário externo, mas também por assuntos relacionados à política brasileira. De acordo com o economista chefe do Banco Digital Modal Mais e colunista da BandNews FM, Álvaro Bandeira, a possibilidade de um acordo entre Estados Unidos e China impulsionou resultados positivos nos mercados internacionais:

No Brasil, entretanto, o Ibovespa caiu 1,27%, fechando o dia aos 96.430 pontos. Este é o menor patamar registrado desde o início de junho.  O economista Álvaro Bandeira explica que o mercado brasileiro operou sob forte nervosismo durante todo o dia por conta de declarações do presidente Jair Bolsonaro:

Hoje, o mercado deve repercutir o inquérito da Polícia Federal que investiga o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome