O Governo de São Paulo vai anunciar hoje novas medidas econômicas, voltadas às pequenas e médias empresas, além de trabalhadores informais e autônomos.

Em entrevista exclusiva à BandNews FM, o secretário da Fazenda e Planejamento do Estado disse que as ações vão envolver o Banco do Povo, que atende pessoas fora do mercado formal, com juros mais baixos e prazos de carência estendidos.

Henrique Meirelles afirmou ainda que, para os Estados tomarem medidas de combate contra o novo coronavírus, é necessário que o Banco Central e o Ministério da Economia repassem recursos.

O ex-ministro da Fazenda ressaltou também que é inviável reduzir ou adiar impostos estaduais porque pode haver um colapso, já que os tributos são a principal arrecadação dos Estados. Sobre a economia brasileira, Henrique Meirelles previu uma queda de 3% no PIB em 2020.

Confira a entrevista a seguir:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome