Band News FM

Brasil

home > notícias > Brasil

14/04/2017 14:40

Casos de doenças respiratórias aumentam e hospitais infantis particulares registram superlotação

Os problemas são diversos: vão desde um resfriado até inflamações que requerem internação.

 

Em Santo André, no ABC paulista, o médico veterinário Mauro dos Santos teve que esperar cerca de 10 horas para conseguir um quarto para a filha, de UM ano, no Hospital Brasil, da rede São Luiz.

 

A bebê foi diagnosticada na quarta-feira com bronquiolite, uma inflamação que atinge principalmente crianças com menos de 2 anos.

 

No início do mês, o surto de doenças respiratórias atingiu um dos hospitais infantis mais prestigiados na cidade: o Sabará, no bairro de Higienópolis.

 

 A dona de casa Mayara Giacometti esteve lá para passar em uma consulta com a filha, que estava com diarreia, e relata que a unidade tinha mais pacientes do que o normal.

 

Segundo o pediatra do Instituto Saúde Plena e do Hospital Albert Einstein, Doutor Jorge Huberman, o surto está relacionado a um vírus que chegou mais cedo este ano.

 

Procurado, o Hospital Brasil, de Santo André, informa que ampliou as equipes para atender a demanda de pacientes e que presta todo o auxílio necessário durante a espera para internação.

 

Em nota, o Hospital Infantil Sabará, da capital, diz que chegou a restringir temporariamente o atendimento a casos de urgência na noite desta terça-feira, mas que a situação já está normalizada.

 

Ambas as unidades informam que é comum o número de casos de crianças com problemas respiratórios aumentar nesta época do ano por causa da mudança de estação.

 

A campanha nacional de vacinação contra a gripe começa na próxima segunda-feira e tem como público-alvo idosos, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, funcionários da saúde e professores da rede pública e privada.


  • Mauro dos Santos:

  • Mayara Giacometti:

  • Doutor Jorge Huberman: