Apesar de o número de queixas de pancadões diminuir na região de Paraisópolis, na zona sul da capital paulista, na região do Morumbi a situação é completamente oposta.

Moradores das próprias comunidades já não conseguem auxílio nem mesmo das autoridades:

Em Fevereiro, o governador Geraldo Alckmin editou uma lei de 2015 sobre ruídos sonoros que – na prática – proíbe a realização dos pancadões.

A partir deste decreto a Polícia Militar passou a ser a responsável por fiscalizar aparelhos de som instalados em carros estacionados em ruas ou calçadas públicas.

Cinco meses depois, ouvintes da BandNews FM em São Paulo continuam denunciando a realização de pancadões todas as semanas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome