Foto: Alex Falcão/Futura Press/Folhapress

O Ministério Público Federal pede à Justiça o arquivamento da investigação sobre uma suposta tentativa do ex-presidente Lula obstruir o andamento da Operação Lava Jato.

O procedimento foi aberto com base na delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral.

O procurador Ivan Marx sustenta que não há provas da “existência de embaraço às investigações”.

Nos depoimentos da delação, Delcídio declarou que teria participado de uma reunião convocada por Lula em 2015 com os senadores Renan Calheiros e Edison Lobão.

O tema seria estratégias para barrar as investigações da Operação Lava Jato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome