As reclamações de ouvintes da Band News FM sobre bailes funk com som alto e sujeira até altas horas da manhã não param de chegar. São relatos dos quatro cantos da cidade sobre pancadões que já ocorrem ao longo do ano e aumentam nessa época de festas.

Alguns moradores que denunciam os bailes têm medo de se identificar ou até de entrar e sair da própria casa. É o que acontece com esse ouvinte que mora na Rua Beibinha Barbosa de Morais, no Parque Vila Maria, na zona norte da cidade:

As ruas Saturnino de Sousa e Esperantinópolis, na Vila Nhocuné, distrito de Arthur Alvim, também ficam bloqueadas durante os bailes funk.

O problema é que nenhuma ação policial é adotada para coibir esses pancadões, segundo os ouvintes. Outro desses “eventos” na zona leste, por exemplo, ocorre próximo a um distrito policial e nada é feito.

Com o som alto, ninguém consegue dormir. A noite de Natal foi de transtornos na casa dessa ouvinte que mora no bairro Cursino, na zona sul:

Apesar de a realização dos bailes ser um problema generalizado, até em pontos conhecidos não se chega a uma solução. A reportagem da Band News FM acompanha a mais de um ano o caso do Baile da DZ7, em Paraisópolis.

Procurada pela reportagem, a Polícia Militar ainda não respondeu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome