Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Suspeito de matar menino no Réveillon em SP é liberado

Arquivo Pessoal

O exame de balística vai determinar se o suspeito preso na última terça-feira (02) é mesmo o autor do disparo que matou o menino Arthur Bencid, de 5 anos, na zona sul de São Paulo. O suspeito foi solto nesta quarta-feira (03) a Justiça indeferiu o pedido de prisão por entender que não há elementos para isso.

O menino tomou um tiro na cabeça durante a queima de fogos da virada do ano. Ele estava na casa de parentes. A principal suspeita é que ele tenha sido alvo de um projétil que caiu após ter sido atirado para o alto.

Esse homem já tinha ido parar na delegacia na madrugada de Réveillon por porte ilegal de arma, mas foi liberado depois de pagar 500 reais de fiança.

O homem admitiu em depoimento que atirou seis vezes para cima na passagem de ano, mas que fez isso em Parelheiros, bem longe de onde a criança foi morta.

O calibre da arma dele, um revólver 38, é o mesmo que atingiu o menino.

.