Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Reconstituição do caso Marielle Franco será feita em maio

A Polícia Civil confirma para o início de maio a reconstituição do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Segundo o secretário de segurança do Rio, general Richard Nunes, a reconstituição vai ajudar a compreender o crime e a entender as diferentes versões das testemunhas que deram informações do caso pelo Disque Denúncia.

Ainda de acordo com o secretário, a simulação ainda não tem uma data definida porque faltam ajustes técnicos.

Apesar de não fornecer qualquer detalhe sobre as investigações, Richard Nunes afirmou que considera que a apuração do caso está avançada.

Mais de um mês após o crime, ninguém foi preso.

Um relatório elaborado pela Comissão Externa da Câmara dos Deputados sobre as investigações deve ser divulgado nos próximos dias.