Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Cerca de 800 venezuelanos são retirados das ruas de Boa Vista em Roraima

Foto: Reprodução/ TV Band

A força tarefa de ajuda humanitária comandada pelo exército encaminha por volta de 800 venezuelanos que vivam nas ruas de Roraima para dois novos abrigos temporários.

Segundo o coronel Fontes, assessor da Força-Tarefa em Roraima, a ação dá mais dignidade aos venezuelanos que fogem da grave crise econômica no país vizinho que sofre com a falta de alimentos e altas taxas de desemprego.

Além da ação humanitária, o governo federal já começou o processo para levar os cidadãos da Venezuela a outros estados  Até agora, 498 imigrantes foram distribuídos entre São Paulo, Cuiabá e Manaus.

Na última sexta-feira, aproximadamente 100 venezuelanos chegaram na capital do Amazonas e estão em dois abrigos mantidos pela igreja católica. O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, através do Ministério de Desenvolvimento Social, providencia alimentos e produtos de higiene pessoal.