Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Dólar dispara e Bolsa de Valores brasileira tem queda

Foto: Gary Cameron/Reuters

A crise financeira brasileira e o ajuste da política monetária americana estão entre os principais motivos para a alta expressiva do dólar, afirma o economista-chefe da agência de classificação de risco Austin Rating, Alex Agostini.

Hoje, a moeda americana é vendida a R$ 4,12 na casas de câmbio de São Paulo; quem compra cartão pré-pago em dólar, que tem cobrança de IOF, paga até R$ 4,31.

Agostini diz que a tendência é alta nos próximos dias.

Ele explica que o dólar tem se valorizado em relação a várias moedas no mundo todo por causa da alta dos juros nos Estados Unidos, que tem atraído investidores para aquele país.

Mas afirma que, num ranking de 140 países, o Brasil está entre os cinco cuja moeda mais se desvalorizou ultimamente.

Isso acontece, segundo Alex Agostini, por causa de problemas domésticos graves, como a falta de ajuste fiscal e de reforma na Previdência – fatos que geram insegurança nos investidores.