Um americano de 30 anos foi processado pelos pais para que saísse de casa. O americano Michael Rotondo, de 30 anos, recorreu da ação judicial que determinou o despejo dele de casa. Durante meses, os pais do rapaz deram ultimatos, queixando-se de que ele não ajudava nas despesas e nas tarefas domésticas. Mark e Christina Rotondo chegaram a dar US$ 1,1 mil para que ele arcasse com algumas despesas e buscasse um lugar para viver. Os pais alegam que o Michael precisa trabalhar e assumir responsabilidades. E o juiz responsável pelo caso deu uma decisão definitiva e enfática “quero você fora daquela casa”.

O caso é um exemplo da Síndrome de Peter Pan, ou seja, pessoas com mais de 25 anos que parecem não amadurecer e evitam rotina e responsabilidades da vida adulta.

A nossa dica sobre o tema une reflexão e risadas. É o filme “Armações do amor”, dirigido por Tom Dey. O longa conta a história de Tripp, que aos 35 anos, tem um trabalho interessante, um carro novo e adora navegar. O problema é que ele ainda mora com os pais, que resolvem contratar uma bela mulher para fazer com que o filho assuma um compromisso e resolva sair de casa.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome