Foto: PSTU.org

O Governo Federal conclui a transferência de mais de 130 venezuelanos de Boa Vista para três estados e o Distrito Federal. A distribuição do grupo para São Paulo, Rio de Janeiro, Cuiabá e Brasília ocorreu pelo Programa de Interiorização.

O objetivo é integrar os imigrantes e retirá-los das ruas de Roraima. Esta foi a primeira vez que Brasília recebeu os venezuelanos – no total, 50 pessoas desembarcaram na capital, sendo 28 são adultos e 22 são crianças e adolescentes.

Eles foram acolhidos pela ONG Aldeias Infantis, SOS, que atua principalmente na defesa pelo direito de viver em família e comunidade. Segundo o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, alguns imigrantes vão receber o Bolsa-Família, mas a maioria está capacitada para entrar no mercado de trabalho.

A Organização das Nações Unidas acompanha o processo, identificando os interessados em participar da estratégia. De acordo com o porta-voz da Agência da ONU para Refugiados no Brasil, Luiz Fernando Godinho, o acolhimento depende das cidades e da existência de vagas.

Os imigrantes que aceitaram a interiorização foram vacinados, submetidos a exame de saúde e regularizados. Desde o início da crise na Venezuela, 110 mil pessoas entraram no Brasil, mas cerca de 60 mil já voltaram para o país de origem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome