A colunista de política da Band News FM Dora Kramer acredita que ainda é cedo para avaliar quais serão os impactos na campanha eleitoral após o ataque contra o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro.

Mesmo assim, segundo ela, o eleitor pode até ficar comovido com a facada sofrida pelo deputado federal, mas isso não deve interferir no voto.

“As pessoas devem separar o que é um ataque do que são propostas para governar o país, de quais são os atributos e as qualidades do candidato, fazer um exame mais racional”, declarou Dora.

A colunista conversou com a apresentadora Débora Alfano:

5 COMENTÁRIOS

  1. OBVIO QUE INFLUENCIARA CONHEÇO INUMERAS PESSOAS QUE SE TORNARAM ELEITORES DE BOLSONARO DEPOIS DESSS COVARDIA COM CERTEZA PERPETRADA PELA ESQUERDA’!

  2. É obvio que influencia, …melhor para nós que somos Bolsonaro.
    Tem que ser muito inocente ou tendencioso, para achar que nada mudou….

  3. Lógico e notório que influenciará minha cara é só sair da mesa do escritório e ouvir as opiniões populares

  4. O cara levar uma facada não o habilita para um cargo
    Sua falta de conhecimento administrativa seus 27 anos sem produzir como parlamentar nem paraco seu estado do Rio de Janeiro nem para o País
    Não vejo nele as competências para o cargo

  5. Que afirmação é essa! kkkkkk Eles afirmam!
    É claro que o Brasil agora é Bolsonaro!

    É muito estranho ver como a BAND e seus jornalista tratam o Bolsonaro, muito esquisito.
    Todo dia a mesma coisa, Lula é o bonzão e Bolsonaro coitado, o contrário.

    Por favor, sejam mais discretos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome