O Conselho Nacional de Justiça deve analisar na próxima semana pelo menos quatro representações apresentadas contra Sergio Moro. Uma delas questiona o encontro dele com o economista Paulo Guedes para falar sobre a participação do juiz no governo de Jair Bolsonaro. Essa informação é da nossa colunista Mônica Bergamo

O corregedor nacional de Justiça, Humberto Martins, pretende dar celeridade aos casos e deve decidir sobre eles nos próximos dez dias. Ele deve analisar também o fato de Moro ter pedido férias nesta segunda (5) afirmando que elas permitirão que ele “inicie as preparações para a transição de governo e para os planos para o Ministério [da Justiça, que assumirá em 2019]”.

De acordo com a coluna, o fato de Moro não ter se exonerado, preferindo apenas tirar férias, é criticado por integrantes do CNJ. Um deles diz que “não existe o sujeito fazer plano de governo de toga” pois a Constituição veda a participação de juízes em atividades políticas. Martins analisará também o caso em que Moro divulgou conversas de Dilma Rousseff e Lula de forma inconstitucional, como definiu na época Teori Zavascki, do STF

Nesta terça (6) o futuro ministro da Justiça vai dar sua primeira entrevista coletiva, sob expectativa de setores da área jurídica. Há uma crença de que ele mantém divergências em relação a Bolsonaro em temas como desarmamento e controle da violência policial.

Ouça o comentário completo:

11 COMENTÁRIOS

  1. Tudo que vem desta jornalista Monica Bergamo vem sempre com bastante parcialidade contra medidas do Bolsonaro e do Dr. Sérgio Moro. Uma jornalista que só faz reportagens e colocações negativas a ambos não merece o mínimo de atenção.
    A Band News vem perdendo minha credibilidade em respaldar cegamente uma jornalista que se comporta desta forma, seja em sua coluna no jornal Folha de São Paulo seja na Band News.
    A Band News vai acabar perdendo seus ouvintes e telespectadores por respaldar comentários tendenciosos de jornalistas como a Monica Bergamo. Por favor exija a imparcialidade de seus jornalistas para não correr o risco de cair na mesma situação que a Globo e começar a perder ouvintes e seguidores.

  2. Este Brasil nosso está um horror. Moro, um dos homens mais íntegros, corajoso, de uma competência extraordinária, e fica aí esta imprensa parcial, declaradamente de esquerda, criticando o Moro. E os invejosos outros juízes, também. Quisera que nosso país tivessem milhares de homens iguais ao Juiz Sérgio Moro.
    Não lembro da imprensa fazer a mesma coisa quando um advogado petista foi indicado para o Supremo.
    Não desista Juiz Sérgio Moro, nós brasileiros assalariados precisamos de você.

  3. Quero avisar a esta senhora Solange que também sou assalariado e não preciso de Moro pra nada. Fale por você e não por nós brasileiros. Se ele é culpado tem que ser investigado. A lei é para todos.

  4. deixem o brasil ter uma chance de se reerguer desse desmantelo moral e financeiro em q se encontra meu povo da imprensa mentirosa e cruel com o povo brasileiro…

  5. Esquerdistas, desistam!!!
    As eleições já acabaram
    Assumam a derrota e comecem a enxergar o Bolsonaro como o nosso Presidente, apoiando-o em suas decisões que irão afetar todo o Brasil.
    Os esquerdistas que não conseguem ter esse espírito patriota, por favo, mudem para Cuba ou para Venezuela que vocês tanto elogiam.

  6. A derrota não e dos petistas essas decisões absurdas que ele esta assumindo tenho certeza que afetara muito todo o desenvolvimento que estávamos tendo .o cara e muito fraco mesmo ganhou por causa da imprensa que esta a muitos anos (desde que foi criado ) demonizando o pt o Ciro gomes foi um candidato fraco quis vender sua candidatura dizendo que era o único que derrotaria o bozó no segundo turno mas não teve folego .quero ressaltar tambem a grande ajuda do juiz sergio moro ao candidato eleito

  7. A Band tem credibilidade, porém com o intelectual de merda do Ronaldo Azevedo e Poqueira da Mônica Bergamo, tá caindo por terra.

  8. A Band tem credibilidade, porém com o intelectual de merda do Reinaldo Azevedo e Poqueira da Mônica Bergamo, tá caindo por terra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome