Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Brasil Rugby encara ‘melhor do mundo’ e quer seguir crescendo

“O rugby vai ser grande no Brasil”: você já deve ter ouvido a frase, que foi usada como propaganda de um dos parceiros comerciais da federação desta modalidade por aqui.

Em 2018, os tupis, apelido do time principal masculino que representa o país, alcançaram grandes feitos.

Pela primeira vez, o time venceu o Chile, fora de casa, em Santiago, uma seleção da Argentina e foi campeã do Campeonato Sul-Americano 6 Nações. Além disso, no início do segundo semestre de 2018, a seleção brasileira de Rugby XV conquistou a segunda vitória em solo europeu, contra a seleção de desenvolvimento da Geórgia, por 20 x 18.

Neste fim de semana, mais um feito: um embate com os All Blacks Maori, da Nova Zelândia, uma das principais seleções deste esporte.

Os Maori representam o melhor do rugby da Nova Zelândia e estão apenas abaixo do primeiro time, os tricampeões mundiais, os All Blacks.

Trata-se de uma seleção que realiza amistosos pelo mundo utilizando somente atletas que possuam descendência Maori, etnia do povo nativo daquele país.

A Nova Zelândia é a atual campeã da Copa do Mundo de Rugby, tendo conquistado o torneio em três oportunidades: 1987, 2011 e 2015. E Claro, quem estiver no estádio poderá assistir ao vivo a famosa Haka Maori.

O confronto inédito vai ser realizado neste sábado, às sete da noite, no estádio do Morumbi.

Felipe Sancery, um dos principais nomes do rugby brasileiro, fala com paixão do duelo contra os All Blacks Maori, que representam o melhor do rugby da Nova Zelândia, tricampeão mundial.

Mas, será que dá pra encarar?

“Um jogo de rugby é um jogo de rugby. Contra quem for, são 80 minutos, 15 pessoas contra 15 pessoas, e vamos entrar em campo com tudo, com uma chance de vencer, sim”, diz Felipe, filho de pai francês e mãe brasileira.

Ele possui um irmão gêmeo, Daniel,que também defende a seleção de rugby. E, no time dos Tupis, outros dois irmãos, Lucas e Moisés Duque, também compõem o elenco verde e amarelo.

Confira a entrevista exclusiva com Felipe Sancery:

 

Confira os atletas relacionados pelo treinador Rodolfo Ambrósio: