Viaduto cedeu em quase dois metros durante a madrugada (Foto: Reprodução/TV Globo)

Parte de um viaduto da Marginal do Pinheiros cedeu na madrugada desta quinta-feira (15), feriado da Proclamação da República, e interdita até agora a pista expressa da Marginal do Pinheiros, no sentido do Cebolão. Quatro carros passavam pela via no momento do acidente e um deles ficou danificado – ninguém se feriu.

A estrutura comprometida é um segmento da pista expressa, na altura do parque Villa Lobos, quando as pistas local e expressa se separam e a expressa passa por cima da Linha 9-Esmeralda da CPTM.

A junta de dilatação da ligação férrea rompeu, por volta das 3h30, em cerca de dois metros de altura. Em entrevista à Rádio BandNews FM, o secretário municipal de Mobilidade e Transportes João Octaviano classificou o rompimento da estrutura como atípico e inesperado:

O trecho deve permanecer interditado pelo menos até terça-feira, de acordo com o prefeito de São Paulo. Entrevistado pela Rádio Bandeirantes, Bruno Covas disse que os especialistas vão avaliar será possível reabrir uma faixa da via a partir de quarta.

Em nota, a Prefeitura de São Paulo diz que a Defesa Civil está no local avaliando a condição da estrutura do viaduto que cedeu. Equipes de engenharia da secretaria de Obras e da Subprefeitura Pinheiros, além da CPTM, foram acionadas e os trabalhos são coordenados pelo Centro de Controle Integrado.

De acordo com a CET, os desvios já são feitos na Marginal do Pinheiros, no sentido Castello Branco, na região das pontes Ary Torres, Cidade Jardim e próximo ao Parque Villa Lobos. Há interdição também no Viaduto República da Armênia, que liga a Avenida dos Bandeirantes à pista expressa da Marginal.

Para quem depende da Marginal do Pinheiros, a Companhia de Engenharia de Tráfego informa que a pista local está liberada, mas com bastante trânsito na região do desabamento. Como alternativa, os motoristas podem optar pelas Avenidas Pedroso de Morais, Fonseca Rodrigues e Gastão Vidigal ou pela região da Cidade Universitária.

3 COMENTÁRIOS

  1. É a prova do descaso do poder público.
    A estrutura de concreto sempre dá indícios com alguma antecedência de problemas estruturais. Uma simples inspeção seria suficiente para prever que iria colapsar algum dia…
    Me engana que eu gosto, Sr administrador…

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome