Foto: Reprodução

O Ministério Público do Paraguai confirma a extradição do doleiro brasileiro Bruno Farina, um dos 62 denunciados na Operação “Câmbio, Desligo”, desdobramento da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

Segundo o órgão estrangeiro, o fiscal de Assuntos Internacionais Manual Doldán entregou o empresário às autoridades brasileiras na manhã deste sábado (29). O doleiro saiu em um avião que decolou de Assunção, no Paraguai, às 8h00 (horário de Brasília).

De acordo com o jornal ‘ABC Color’, que divulgou em primeira mão imagens de Farina algemado ao lado de policiais no aeroporto de Assunção, o doleiro será levado para a capital fluminense depois de passar por Foz de Iguaçu e São Paulo.

Bruno Farina foi preso pela Interpol na quarta-feira (26). Ele era sócio do ‘doleiro dos doleiros Dario Messer, que chefiava a quadrilha investigada por movimentar 1 bilhão e 600 milhões de dólares em 52 países no esquema do ex-governador Sérgio Cabral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome