Enquanto muitos alunos voltaram à escola nesta segunda-feira, para as crianças que estudam em colégios do município, o ano letivo ainda não tem data para começar. Isso porque parte dos professores aderiu à paralisação dos servidores municipais contra a Reforma da Previdência da cidade de São Paulo. O início das aulas estava marcado para esta semana, mas pais e alunos encontraram salas de aula fechadas.

A Prefeitura de São Paulo diz que cerca de 20% das unidades de ensino foram totalmente paralisadas e que a educação foi o setor mais afetado pela paralisação. Já o Sindicato dos Servidores diz que mais de 60% dos serviços municipais estão parados e que a greve afeta todas as áreas. O prefeito Bruno Covas já declarou que vai cortar o ponto dos professores que estão sem trabalhar.

Representantes da categoria se reúnem na próxima quinta-feira, às duas horas da tarde, em assembleia em frente à Prefeitura para decidir os rumos da paralisação. Os funcionários pedem que seja revogada a reforma previdenciária, que aumentou de 11% para 14% a contribuição dos servidores municipais.

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou o texto da Reforma no dia 26 de dezembro, em segunda votação, por 33 votos favoráveis e 17 contra. A votação foi marcada por protestos e confronto entre funcionários e a Guarda Civil Metropolitana. Segundo a Prefeitura, a nova lei diminui o ritmo de crescimento, mas não resolve o rombo na Previdência municipal, atualmente de R$ 5,4 bilhões.

1 COMENTÁRIO

  1. O prefeito Bruno Covas disse que era necessário o confisco no salário dos servidores pois caso isso não ocorresse, seria necessário aumentar a tarifa de ônibus, bem como, aumento do IPTU! Pois ocorre que ele aumentou tudo! Na TV vimos que o IPTU de algumas pessoas simplesmente Dobrou o valor! Enquanto isso, o povo, paga e não luta por seus direitos! É preciso sair nas ruas e não aceitar tudo que é imposto! Fácil aprovar a Reforma da previdência após o Natal, de madrugada, não é? Por fim, não são os servidores que dão gastos excessivos aos cofres da prefeitura de SP, são os salários altos desses servidores políticos, são todos os benefícios que possuem! Comecemos cortar seus gastos! Comecemos por vocês! Brasil um país que só quem vence são os corruptos, país que não tem lei!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome