Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Largo da Batata deverá ficar de fora do Carnaval de Rua de São Paulo em 2020

Foto: André Porto / Metro Jornal

Segundo o secretário municipal de Cultura, novas regiões deverão fazer parte do circuito na edição do ano que vem.

Alê Youssef afirma que as avenidas Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina, Marquês de São Vicente, na Barra Funda e Guilherme Dumont Villares, no Morumbi, serão incorporadas às festividades.

Já um dos maiores pontos de concentração de blocos de carnaval da capital, o Largo da Batata, deverá ser excluído:

O secretário Alê Youssef ressalta que alguns blocos do Nordeste se inscreveram para o carnaval de rua de São Paulo em 2020. Um deles é o Galo da Madrugada, tradicional grupo do Recife:

O número de inscrições para 2020 é recorde. Foram 865 blocos cadastrados, que deverão sair em 960 desfiles pela cidade, entre 15 de fevereiro e 1º de março.