Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Acusados de racismo contra segurança do Mineirão, atleticanos prestam depoimento

“Olha a sua cor” foi uma das frases racistas ditas pelo atleticano para o segurança do Mineirão. (Foto: Reprodução/Internet)

Seguem as investigações sobre um caso de injúria racial durante o clássico entre Atlético Mineiro e Cruzeiro, no Mineirão, no último domingo (10). Ontem, os dois suspeitos de praticar o crime contra um segurança do estádio prestaram depoimento em Belo Horizonte.

Os irmãos Nathan Siqueira Silva, de 28 anos, e Adrierre Siqueira da Silva, de 37, foram flagrados proferindo ofensas racistas contra o profissional Fábio Coutinho. O crime de injúria racial prevê pena de 1 a 3 anos de reclusão, além do pagamento de multa.