Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Série especial traz casos de racismo no futebol e o que está sendo feito para combatê-los

Créditos: Thiago Ribeiro/AGIF
Roger Machado, técnico do Bahia, e Marcão, treinador do Fluminense, usando a camisa do Observatória da Discriminação Racial do Futebol. Créditos: Thiago Ribeiro/AGIF

A filósofa e ativista americana Angela Davis diz que, em uma sociedade racista, não basta NÃO ser racista, é preciso ser ANTIRRACISTA. Isso significa, entre outras coisas, não ficar em silêncio diante de qualquer tipo de violência. Como as que acontecem no futebol – dentro e fora de campo.

No estádio lotado, o que você faz quando ouve insultos racistas de alguém que está perto de você?

Os casos brasileiros e estrangeiros de racismo no futebol são tema deste primeiro capítulo da série especial de reportagens que você acompanha a partir de hoje na BandNews FM sobre a discriminação neste esporte.

Jogadores, ex-atletas, dirigentes, psicólogos e grandes nomes do futebol foram ouvidos pelo repórter Luiz Teixeira e dividiram experiências dentro e fora de campo quando o assunto é o preconceito racial.

Ouça no player abaixo o primeiro capítulo:

O pastor protestante e ativista político americano Martin Luther King, um dos principais nomes da humanidade na luta contra o racismo, diz que “a discriminação dos negros está presente em cada momento das suas vidas para lembrá-los que a inferioridade é uma mentira que só aceita como verdadeira a sociedade que os domina”.

No futebol, a opressão e a discriminação vêm da torcida, dos outros jogadores e das organizações que deveriam fazer valer as boas regras do esporte.

A omissão das entidades que comandam o futebol em casos de racismo dentro e fora de campo é o tema do segundo capítulo da série especial de reportagens que você acompanha nesta semana na BandNews FM sobre a discriminação neste esporte.

Jogadores, ex-atletas, dirigentes, psicólogos e grandes nomes do futebol foram ouvidos pelo repórter Luiz Teixeira e dividiram experiências dentro e fora de campo quando o assunto é o preconceito racial

Ouça no player abaixo o segundo capítulo:

Defensor dos direitos dos afro-americanos e um dos maiores nomes da luta contra o racismo, Malcom X deixou gravado na história que “nunca lutou por integração ou por separação, mas sim por um reconhecimento como ser humano, independentemente da cor da pele ou do local de nascimento”.

No futebol, a luta contra a discriminação encontra barreiras, inclusive comerciais. Jogadores preferem não emitir opinião por medo de retaliação.

O receio de perder patrocínio ou sofrer represálias é frequente entre jogadores pretos e pardos, como você ouve agora no terceiro capítulo da série especial de reportagens da BandNews FM sobre a discriminação no futebol.

Ouça no player abaixo o terceiro capítulo:

Maior e mais importante líder da África Negra, advogado e presidente da África do Sul de 1994 a 1999, Nelson Mandela dizia que “sonhava com o dia em que todos se levantariam e compreenderiam que todos foram feitos para viver como irmãos”.

No futebol, apesar da força de união e transformação que o esporte traz, a igualdade racial praticamente inexiste entre técnicos e presidentes de clubes.

A falta de oportunidade para treinadores e dirigentes negros dentro do futebol brasileiro é o tema do quarto capítulo da série especial de reportagens da BandNews FM sobre a discriminação no futebol.

Ouça no player abaixo o quarto capítulo:

Neurologista italiana e vencedora do Prêmio Nobel de Medicina em 1986 pela descoberta de uma substância do corpo que estimula e influencia o crescimento de células nervosas, Rita Levi Montalcini afirmou que, na humanidade, “não há raças, pois o cérebro dos homens é o mesmo. Existem racistas. E nós devemos superá-los com as armas da sabedoria.”

No futebol, essa sabedoria também está sendo utilizada de diversas formas para combater o preconceito racial em ações desenvolvidas por clubes, técnicos, atletas e jornalistas.

A luta contra o racismo velado e estrutural, através de pessoas e instituições, é o tema do quinto e último capítulo da série especial de reportagens da BandNews FM sobre a discriminação no futebol.

Ouça no player abaixo o quinto e último capítulo: