(Crédito: Divulgação/ PRF)

Termina nesta segunda-feira o novo prazo para a volta dos radares móveis nas rodovias federais em todo o país.

A Justiça Federal no Distrito Federal chegou a dar 72 horas para o cumprimento da decisão de 11 de dezembro, mas a Polícia Rodoviária Federal alegou dificuldades técnicas.

A ordem judicial atende a pedido do Ministério Público Federal, que defende a necessidade de maior segurança nas estradas.

Em nota divulgada na semana passada, a Polícia Rodoviária Federal informou que a determinação será cumprida a partir desta segunda.

O presidente Jair Bolsonaro havia suspendido a fiscalização em agosto, argumentando que a medida apenas alimentava a indústria das multas.

Após a retirada dos radares móveis – entre agosto e outubro – aumentou o número de mortos em 2% e o de feridos em 9% nas rodovias federais.

Os dados são da Polícia Rodoviária Federal compilados pela organização SOS Estradas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome