Foto: Folhapress

O Secretário Municipal de Saúde de São Paulo diz que, por enquanto, não há previsão de flexibilização das regras de quarentena a partir de maio. Edson Aparecido citou a taxa de ocupação dos hospitais da cidade, que ultrapassam os 70%, e disse que, se o índice de isolamento não aumentar, a situação vai se agravar. A média tem sido de 48% em dias de semana, mas o ideal é 70%, segundo o governo paulista. O secretário disse ainda que a prefeitura estuda endurecer as medidas de restrição, caso o cenário não apresente melhoras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome