A Câmara dos Deputados aprova o texto principal do projeto de lei que autoriza o repasse de R$ 60 bilhões do governo federal a estados e municípios por causa da crise do coronavírus. O placar foi de 437 votos a favor e 34 contra.

A proposta retorna à Câmara devido às mudanças feitas pelo Senado no texto inicialmente aprovado pelos deputados.

A versão que acaba de ganhar o aval dos deputados inclui mais categorias do funcionalismo público na lista de exceção à regra, que saiu do Senado determinando o congelamento salarial por um ano e meio.

Os senadores haviam mantido a possibilidade de reajustes para servidores da saúde e da segurança pública na linha de frente da luta contra a Covid-19. Já os deputados acrescentaram profissionais da limpeza urbana e da assistência social.

Com as novas alterações, a tendência é que o pacote de socorro econômico volte para uma nova análise do Senado antes da sanção do presidente Jair Bolsonaro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome