Segue para a sanção presidencial o texto da Medida Provisória que libera quase R$ 9 bilhões para o combate à crise causada pela pandemia de coronavírus. Por enquanto, o dinheiro está parado no Fundo de Reserva Monetária do Banco Central, que será extinto.

Os senadores mantiveram o texto que saiu da Câmara Federal. O relator da matéria no Senado e líder do governo no Congresso Nacional, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), teve acatada a proposta para os recursos serem divididos meio a meio entre estados e municípios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome