O presidente Jair Bolsonaro editou uma MP que isenta os agentes públicos dos eventuais impactos de medidas adotadas no combate à pandemia do novo coronavírus. De acordo com o texto, o profissional só deverá ser responsabilizado se houver culpa grave, “com grau elevado de negligência, imprudência ou imperícia”. A medida ainda destaca que deverá ser levado em conta “o contexto de incerteza acerca das medidas mais adequadas para enfrentamento da pandemia” e de suas consequências, inclusive as econômicas. O texto foi publicado no Diário Oficial da União, desta quinta-feira

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome