O empresário Mário Teixeira é preso pela Polícia Federal em um desdobramento da Operação Lava Jato, no Rio. O ex-presidente da Assembléia Legislativa Paulo Melo – que cumpre prisão domiciliar – também é alvo.

A operação Favorito conta com a participação dos Ministérios Público do Estado e Federal, além da Delegacia Fazendária da Polícia Civil. O objetivo é desarticular uma organização criminosa que desviou quase 4 milhões de reais da saúde estadual, desde 2012. Ao todo são 5 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome