Morre, aos 63 anos, o jornalista e escritor Gilberto Dimenstein.

Ele lutava contra um câncer no pâncreas desde agosto de 2019.

Paulista, Gilberto Dimenstein nasceu em 28 de agosto de 1956 , se formou em jornalismo pela Fundação Casper Líbero e trabalhou no jornalismo da Band, além da Folha de São Paulo, CBN, Correio Braziliense, Veja e Última Hora.

Dimenstein ainda escreveu livros para diferentes idiomas, como “A Guerra dos Meninos”, “A Democracia em Pedaços” e “O Cidadão de Papel”, vencedor do Prêmio Jabuti em 1993.

Em 2008 criou o portal Catraca Livre, com foco em temas culturais, cidadania e educação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome