(Foto: Reprodução)

A Polícia Federal cumpre agora de manhã mandados de busca e apreensão contra advogados, juízes e empresários suspeitos de crimes, em Goiás.

As ordens foram autorizadas pelo Superior Tribunal de Justiça e os alvos são suspeitos de “negociação criminosa” em ações relacionadas ao processo de recuperação judicial de uma grande empresa.

Nem os nomes e nem as empresas em questão tiveram os nomes divulgados pois o ministro relator do processo, Campbell Marques, determinou o sigilo dos autos.

Os mandados, determinados a partir de requerimento do Ministério Público Federal, são cumpridos em endereços públicos e privados dos investigados.

O objetivo é coletar mais provas que comprovem as ações criminosas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome