O governo federal prevê um rombo de R$ 828,6 bilhões nas contas públicas em 2020. A estimativa anterior do Ministério da Economia, feita em maio, previa perdas de R$ 708,7 bilhões.

A nova projeção já considera a prorrogação por mais dois meses do auxílio emergencial, segundo o governo. A revisão considera ainda uma estimativa de queda de 6,5% no Produto Interno Bruto, prevista no boletim Focus, do Banco Central.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome