(Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro volta a criticar o projeto de lei das Fake News, aprovado nesta semana pelo Senado, e diz que fará uma “consulta popular” para avaliar se veta a proposta, caso o texto passe na Câmara Federal.

A matéria prevê novas regras para combater às notícias falsas em redes sociais e serviços de mensagens:

 

Bolsonaro relembrou que foi processado por danos morais coletivos, pelo Fundo de Defesa dos Direitos Difusos, subordinado ao Ministério da Justiça.

A ação civil pública foi proposta por grupos de defesa dos direitos homossexuais com base em declarações do deputado ao programa “CQC”, da Band, em março de 2011.

E também numa palestra ocorrida na Universidade Federal Fluminense, em setembro daquele ano, de onde acabou expulso pelos estudantes:

 

Bolsonaro perdeu na primeira e segunda instância e, agora, o processo deve ser julgado no Supremo Tribunal Federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome