Renato Janine Ribeiro (à esquerda), Mozart Neves (ao centro) e Olavo Nogueira Filho (à direita).

Há três semanas, o Brasil está sem um titular no Ministério da Educação e o próximo chefe da pasta terá muitos desafios pela frente.

Especialistas ouvidos pela Rádio BandNews FM afirmam que o novo ministro vai precisar de empoderamento, paz para trabalhar e, talvez, um quartinho no ministério para dormir… afinal, a agenda é extensa e perder tempo não é uma opção.

Confira a reportagem de Ivan Brandão:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome