A Polícia Civil do Rio de Janeiro realiza uma megaoperação com 200 agentes para prender integrantes de uma narcomilícia, organização paramilitar formada por milicianos e traficantes. Cinco pessoas foram presas, entre elas um policial militar, suspeitas de integrarem uma narcomilícia na zona oeste do Rio de Janeiro. A operação mira uma organização criminosa chefiada por PM. Cerca de 200 policiais estão mobilizados nesta operação. O chefe do grupo é o capitão da PM Leonardo Magalhães, que já foi do batalhão de São Cristóvão. O acusado é considerado o chefe do tráfico e da milícia em várias comunidades da Zona Oeste. A narcomilícia é investigada pelos crimes de extorsão, ameaça, homicídios, agiotagem, tráfico de drogas e armas, organização criminosa e corrupção.

Acompanhe com o repórter Marcus Sadok:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome