O Metrô informa que todas as estações foram reabertas, às 7h28, e que todas as linhas operam integralmente.
.
O Sindicato dos Metroviários decidiu suspender a greve durante a madrugada, após uma reunião em que 79% dos participantes aprovaram a proposta da Secretaria de Transportes Metropolitanos. No entanto, as estações amanheceram fechadas, causando filas e aglomeração de passageiros nas portas de entrada. Às 7h28, as últimas estações foram reabertas e as linhas passaram a operar integralmente. A circulação dos trens ficou prejudicada por quase 3 horas e os ouvintes da BandNews FM ainda relatam aglomeração nas plataformas e os trens.
.
O rodízio municipal de veículos segue suspenso na capital paulista, por causa da paralisação dos metroviários pela manhã. A Zona Azul está liberada em toda a cidade. Já a restrição para caminhões segue valendo e também os corredores e faixas exclusivas de ônibus continuam ativos.
.
Por causa da paralisação no Metrô pela manhã, ouvintes da BandNews FM relataram reflexos na CPTM. Nas estações onde há a possibilidade de baldeação, os usuários acabam optando pela CPTM. Os trens e as plataformas estão mais cheios.
.
O sistema Paese não está funcionando, apesar da paralisação do Metrô nesta manhã. Os ônibus gratuitos do Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência, da SPTrans, são acionados geralmente para dar apoio à população quando os trens do Metrô ou da CPTM não circulam.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome