(Foto: Reprodução)

A falta de cuidados relacionados ao coronavírus pode ser o motivo pelo qual moradores da Avenida Doutor Guilherme Dumont Vilares, na região do Morumbi, não estejam recebendo encomendas comuns pelos Correios, há três semanas.

Um morador do local encaminhou uma reclamação à BandNews FM dizendo que as encomendas enviadas por Sedex até chegam, mas isso não ocorre com outros tipos de correspondências.

 

Sem ter respostas sobre o que poderia estar ocorrendo, ele buscou o posto de distribuição responsável pelas entregas na região, o CDD Morumbi.

Lá, foi informado de que os funcionários da unidade estariam trabalhando sem cumprir os protocolos previstos em relação ao coronavírus e que, por isso, a Vigilância Sanitária teria interditado o local.

 

Há mais de três meses, a BandNews FM contou que profissionais dos Correios que vão às ruas estavam inseguros devido à falta de equipamentos de proteção individual.

A BandNews FM telefonou diversas vezes para a unidade do Correios ao longo da tarde e ninguém atendeu.

Procurada, a Secretaria de Saúde de São Paulo informou que de fato, ficou sabendo que houve algum tipo de medida tomada em função do coronavírus na unidade, mas que isso partiu dos próprios Correios.

A Vigilância Sanitária não interditou o local e, assim como a reportagem, cobrou um posicionamento da empresa sobre o assunto.

Em nota, os Correios afirmam que a agência foi temporiamente fechada em junho com o objetivo de passar por processos de higienização e de sanitização.

Ainda segundo a empresa, o serviço de entrega foi compartilhado com outras unidades próximas, como o centros de Butantã, Jaguaré, Bonfiglioli e Rio Pequeno para evitar demora na entrega.

Atualmente, o sistema de distribuição já voltou a funcionar, mas em dias alternados. Questionado sobre atrasos pontuais, os Correios disseram que os casos são prontamente investigados e solucionados.

Os Correios lamentam pelos eventuais transtornos à população, mas reiteram que durante esse período de pandemia, estão trabalhando para viabilizar, com segurança, a continuidade das atividades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome