O julgamento do recurso no Superior Tribunal de Justiça que pode colocar Fabrício Queiroz novamente na prisão deve atrasar após o ministro responsável pelo caso ser internado pela segunda vez em um mês.

Félix Fischer voltou ao hospital DF Star depois de ser operado na semana passada.

Durante o recesso do Poder Judiciário, o presidente do STJ, João Otávio de Noronha, concedeu prisão domiciliar ao ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro.

Mulher de Queiroz, Márcia Aguiar também foi beneficiada pela decisão.

Hoje, a Procuradoria-Geral da República pediu que a prisão seja restabelecida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome