O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, revoga a decisão do colega Dias Toffoli sobre a entrega de dados das forças-tarefa da Operação Lava Jato.

No dia 9 de Julho, durante o recesso do Poder Judiciário, o presidente da Corte atendeu um pedido da Procuradoria-Geral da República.

Segundo o Ministério Público, os procuradores têm resistido a compartilhar dados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome