O médico Olímpio Barbosa de Moraes Filho, responsável pelo procedimento de interrupção da gravidez da menina de 10 anos estuprada pelo tio no Espírito Santo, falou ao vivo na programação da BandNews FM.

Ele conversa com Eduardo Barão e Carla Bigatto no jornal BandNews Station.

Segundo o médico Olímpio Barbosa, gerente executivo do hospital onde ocorreu a interrupção da gravidez, no Recife, a gestação representava risco à vida da menina.
Ela está lúcida e consciente do procedimento pelo qual passou.
O médico foi ofendido por grupos religiosos que protestaram na porta do hospital para impedir o aborto.

Confira a entrevista completa:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome