As fumaças das queimadas que atingem a região do Pantanal chegam até Curitiba. Ontem, imagens de satélite confirmaram o deslocamento do Centro-Oeste até a capital paranaense, apesar dos mais de 1.000 km de distância. O meteorologista do Sistema Meteorológico do Paraná, Reinaldo Kinaib, destaca que as condições são favoráveis para o transporte da fumaça. No entanto, essa concentração atinge níveis médios e altos da atmosfera, ou seja, acima de 2km de altura, e assim não se percebe na superfície.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome