O ministro do Superior Tribunal de Justiça Felix Fischer retira da pauta de julgamento o recurso apresentado por Flávio Bolsonaro para suspender a investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre o esquema de “rachadinha” no gabinete do então deputado estadual.

O caso, que se debruça sobre o período em que o senador ocupava o cargo na Alerj, seria analisado hoje pela 5ª Turma.

O pedido feito pela defesa do senador já havia sido rejeitado pelo relator.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome