(Foto: Polícia Federal)

A Polícia Federal deflagrou a operação Marfim, em cooperação com o Ibama e com a Polícia Ambiental de São Paulo, para cumprir onze mandados de busca e apreensão contra o tráfico de animais exóticos, contrabando, importação e comercialização de obras de artes feitas com o marfim extraído dos dentes dos elefantes. Diversos países já proibiram o comércio do produto, contudo mais de 50 mil elefantes são mortos anualmente. Os investigados serão ouvidos a respeito das origens do material apreendido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome