O prefeito Bruno Covas deve anunciar amanhã o retorno das aulas presenciais na cidade de São Paulo para este ano, e não adiar para 2021.

Segundo fontes ouvidas pela BandNews FM, a expectativa é de que atividades extracurriculares sejam permitidas a partir de outubro.

Já as aulas da grade curricular poderão ser retomadas em novembro.

A decisão deve valer tanto para a rede pública quanto para a rede particular de ensino na capital.

O governo de São Paulo autorizou a volta às aulas em 7 de outubro no Estado, mas os prefeitos têm autonomia para decidir em cada cidade.

Até agora, menos de 20% anunciaram o retorno presencial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome