O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro precisa decidir até hoje se mantém a prisão preventiva da ex-deputada federal Cristiane Brasil.

Ela está presa após uma operação que investiga supostos desvios em contratos de assistência social no governo do estado.

Ontem, o Superior Tribunal de Justiça determinou que o TJ analisasse o caso em até 24 horas.

Outro alvo da operação, o ex-secretário de Educação Pedro Fernandes está em prisão domiciliar, já que está contaminado pela Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome