A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro vota hoje o impeachment do governador afastado Wilson Witzel.

Com poucas chances de uma reviravolta, parlamentares já se movimentam para a escolha dos representantes da Alerj na comissão mista de julgamento da próxima fase do processo.

O grupo é formado por cinco deputados e cinco desembargadores. Na sessão de hoje são necessários ao menos 47 votos entre os 70 deputados para que o impeachment seja aprovado.

A expectativa é que Witzel se defenda de forma presencial. Ele responde a acusações de chefiar um esquema criminoso no governo.

Wilson Witzel nega qualquer irregularidade e afirma que vai resistir e que a história política dele está apenas começando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome