Foto: Sergio LIMA / AFP

O advogado Frederick Wassef, que já representou o presidente Jair Bolsonaro e o filho mais velho dele, o senador Flávio Bolsonaro, é denunciado pela Lava Jato do Rio de Janeiro por peculato e lavagem de dinheiro.

De acordo com a denúncia, os procuradores encontraram movimentações suspeitas de recursos supostamente desviados da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro.

Também foram denunciados o ex-presidente da Fecomércio-RJ Orlando Diniz, o empresário Marcelo Cazzo, que teria apresentado Wassef para o grupo e as advogadas Marcia Carina Castelo Branco Zampiron e Luiza Nagib Eluf.

O escritório de Luiza Magib Eluf teria sido usado apenas para repassar o pagamento para o advogado da família Bolsonaro.

Conforme a denúncia, a Lava Jato afirma que houve contratações com escopo contratual falso, “pois ou os serviços arrolados não foram prestados ou foram prestados no interesse exclusivo de Orlando Diniz para, por exemplo, a perseguição de adversários pessoais”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome