Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Zuza criou coisas inimagináveis para a música e a TV brasileira, define Nilton Travesso

Em entrevista à Rádio BandNews FM, o diretor de TV Nilton Travesso, criador dos grandes festivais de música da TV Record, ao lado de Solano Ribeiro, Zuza Homem de Mello e Antonio Augusto Amaral de Carvalho, falou sobre o legado deixado por Zuza após sua morte.

“Zuza era um poeta que criou coisas inimagináveis para a música e a TV brasileira”, definiu.

Travesso revelou que uma das marcas do cantor Simonal – o entretenimento da plateia – surgiu por causa de uma ideia de Zuza:

”Nós precisávamos trocar de fita a cada 45 minutos de gravação, aí dissemos ao Simonal ‘por que você não brinca assim com a plateia?’ E aí ele começou ‘meu limão, meu limoeiro…’ o que virou uma marca do Simonal”.

Nilton Travesso ainda destacou que boa parte da memória da TV no Brasil foi preservada graças ao trabalho de Zuza Homem de Mello.