Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Zuza Homem de Mello morre aos 87 anos e deixa legado na música

O jornalista, escritor e crítico que atravessou gerações como uma das maiores referências da música popular brasileira, José Eduardo Homem de Mello, mais conhecido como Zuza Homem de Mello, faleceu neste domingo (4), aos 87 anos, após sofrer um infarto dentro de casa.

Nascido no dia 20 de setembro de 1933, Zuza decidiu abandonar a faculdade de engenharia, aos 22 anos, para se dedicar ao que fazia o coração bater mais forte: a música.

Em entrevista ao Canal Livre, da TV Band, em 2018, o escritor contou sobre a relação que tinha com os pais, que apoiaram a decisão dele de sair da faculdade:

 

Em 1956, Zuza Homem de Mello começou a carreira no jornalismo, assinando colunas sobre música para os jornais Folha da Noite e Folha da Manhã.

O jornalista, após passar dois anos estudando nos Estados Unidos, retornou ao Brasil para trabalhar na TV Record, onde desempenhou o papel de engenheiro de som nos programas de MPB por cerca de 10 anos.

Entre 1977 e 1988, Zuza produziu e apresentou programas no rádio, além de fazer críticas de música popular para o jornal “O Estado de São Paulo”.

O escritor, que conhecia tudo sobre jazz, bossa nova, tropicália e uma infinidade de outros estilos, fez parte da história da BandNews FM.

Em 2005, Zuza Homem de Mello produziu as vinhetas da rádio, veículo pelo qual ele sempre teve admiração:

 

O escritor passou os últimos anos da vida se dedicando na produção de uma biografia sobre o cantor João Gilberto. Ele já havia feito um perfil sobre o artista, mas decidiu ir mais a fundo na história do compositor.

Segundo Zuza, o cantor era especial pois tinha uma relação diferente com os outros artistas:

 

Zuza Homem de Mello deixou a esposa, filhos e netos, além de um legado enorme na música popular brasileira.

Além do lado musical, Zuza amava escrever. Por isso, para conhecê-lo mais a fundo, os livros, como ele mesmo define, são o melhor caminho:

 

O escritor teve diversas publicações em sua vida, entre eles Copacabana – A Trajetória do Samba-Canção, A Era dos Festivais, Música com Z, Eis Aqui os Bossa Nova, Música nas Veias e João Gilberto.

Foi ainda homenageado no documentário Zuza Homem de Jazz, lançado em novembro de 2018, que conta um pouco de sua trajetória por meio de depoimentos de pessoas que conviveram com ele no Brasil e no exterior.

Hoje, a partir da 00h00, a TV Band e a BandNews FM reprisam um programa do Canal Livre com Tom Zé, Zuza Homem de Mello, Ricardo Boechat, Fernando Mitre e Gisele Kato.