Foto: Reprodução

O Supremo Tribunal Federal deve manter a decisão do presidente do STF, Luiz Fux, que revogou a liminar do colega Marco Aurélio Mello e determinou a prisão de André do Rap.

A sessão também deve ser marcada por críticas ao habeas corpus concedido para o chefe do PCC.

Com a aposentadoria de Celso de Mello, dez ministros vão participar da sessão, mas a tendência é de que não exista um empate.

O julgamento deve começar às 17h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome