Uma mudança no sistema de apuração deve atrasar o resultado do primeiro turno das eleições presidenciais da Bolívia.

Ontem, o Tribunal Eleitoral resolveu desistir da contagem rápida de votos.

No ano passado, opositores ao grupo de Evo Morales questionaram a segurança desse sistema.

Segundo as autoridades, a contagem será feita voto a voto e, com isso, o resultado só deve sair no meio desta semana.

Apoiado por Evo Morales, Luis Arce lidera as pesquisas de opinião.

Ex-presidente entre 2003 e 2005, Carlos Mesa aparece na sequência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome